Não gosto de nada que é raso, de água pela canela. Ou eu mergulho até encontrar o reino submerso de Atlântida, ou fico à margem, espiando de fora.
Martha Medeiros.
Poesia ou clichê?

E, no meio de tantas mudanças, muitas rupturas. Algumas coisas foram encaminhadas pro novo destino, outras se perderam irremediavelmente. O que sobrou posso contar nos dedos, antes eu mal conseguia fechar as gavetas tão abarrotadas de coisas, pessoas, lembranças.
— Marla de Queiroz
Não é saudade é uma mania que eu tenho de recordar o que foi bom.
Marla de Queiroz
Acho que a vida é uma gangorra. Em alguns dias você está bem, em outros nem tanto. E assim vai indo, alternando, ganhando e perdendo. Tem alguns períodos, bem específicos, em que você dá mais do que recebe. Já em outros você precisa receber mais do que dá. Não existe uma tabela pra isso, não tem data certa, simplesmente acontece, afinal, tudo é uma troca.
Clarissa Corrêa.
Foi só piscar o olho, e eu me apaixonei, enfim.
Tiê. 
Transformei meu pranto em riso que ilumina, que chega sem cerimônia e logo acha um lugar pra se sentar. Riso que chega sem avisar, pega de surpresa, fazendo de mim canção de ninar. Riso que traz a calmaria, e pra lágrima, um motivo pra se alegrar. Sol e chuva em harmonia, afastando a dor e trazendo a alegria.
Gabriela Moreira. 
Theme ☁